JARDIM DO ENCONTRO

CASACOR MINAS 2013

Marina Pimentel e Carla Pimentel

Um lugar de refúgio, agradável aos olhos, perfeito para receber encontros e promover boas experiências ao lado da natureza. Essa era a ideia de Carla e Marina Pimentel quando receberam a missão de criar um jardim fabuloso para a 19º edição da CASACOR Minas Gerais. A dupla, mãe e filha, já é acostumada a surpreender. Mas, segundo elas, o convite desta vez era ainda mais desafiador.

Tudo porque o lugar escolhido para sediar a mostra é uma casa especial:  planejada por Oscar Niemeyer e localizada na região da Pampulha, em Belo Horizonte, e o terreno em que o jardim seria instalado é enorme, com 1.300m², muito íngreme e acidentado. “Tivemos pouquíssimo tempo de projeto e de execução da obra. Nosso desafio neste terreno íngreme é criar áreas de platôs, como mirantes, para conectar os espaços e conduzir os visitantes a nossa grande praça central.  O projeto foi concebido em função dos desafios do espaço e nossa missão era, de fato, transformar esta área externa em um local que convidasse os visitantes a permanecerem conectados a natureza”, explica a arquiteta Marina Pimentel.

E assim nasceu o Jardim do Encontro. Com inspiração nos anos 60 e no trabalho de grandes homens que marcaram época, como Athos Bulcão e Burle Marx, o espaço harmonioso traz a natureza para mais perto da área de convivência da casa. “Usamos como forração principal uma grande mancha de Calandiva que nos deu o tom branco destaque do nosso projeto”, complementa Marina.

O jardim ainda traz uma proposta bem interessante: uma área de SPA conceitual. “Pensamos neste espaço como um recanto, que faz um convite ao relaxamento.” , diz a arquiteta.