JARDIM DO GINGER BAR

CASACOR MINAS 2017

Marina Pimentel e Carla Pimentel

O desafio de desenhar um jardim em patrimônio tombado é adequar todo o projeto às limitações e regras do IPHAN. Neste caso específico, tivemos que projetar um jardim sem qualquer tipo de recursos ornamentais, como espelhos d'água, fontes, esculturas, lareiras, vasos ou plantas de porte alto.


O desafio maior foi adequarmos o jardim  à perspectiva de 0,80cm de altura.
Por isso, o projeto é todo trabalhado com cores, texturas, formas e aromas diferentes.

 

Utilizamos plantas como Orquídeas Cymbidium, Dracenas Cordilines, Laranjas kinkan, Lavanda, Manjericão roxo, Philodendro.

 

O nosso diferencial foi incluir plantas frutíferas, como a laranjinha kinkan, ervas como o manjericão e plantas aromáticas como a Lavanda, para complementar canteiros de flores e folhagens.

 

Quem visitou o jardim pôde contemplar e experimentar diferentes sensações.